Secretário municipal há um ano, Silvanno Salles pouco fez pela cidade


Nomeado há quase um ano secretário de Esporte, Turismo e Lazer de Teodoro Sampaio, Silvanno Salles ainda não mostrou para que veio – ou foi.
Com salário de R$ 6,5 mil, o cantor de arrocha só apareceu uma vez em uma foto nas redes sociais da prefeitura municipal, no dia 8 de junho de 2017, quando participou da abertura das aulas na Escolinha de Futebol. Já no Diário Oficial do Município (DOM) não há nenhuma assinatura do artista.
Residente em Salvador, a 96 km de Teodoro, Salles tem uma agenda recheada desde o início do ano, com tour pelo Brasil. Só em janeiro, o artista fez 14 shows. Em fevereiro, ele se apresentou em Minas Gerais e fez participação no Carnaval soteropolitano.
Em seu Instagram, onde divide publicações pessoais com divulgações do trabalho, não há menção à sua atuação como agente político na cidade do centro norte baiano, comandada pelo seu ex-empresário, o prefeito José Alves (PR), conhecido como Bitinho. (Bahia.ba)