Carro invade calçadão e atropela ao menos 15 pessoas em Copacabana; um bebê morreu

Antonio Scorza / Agência O Globo
Um carro invadiu o calçadão da avenida Atlântica, na altura da rua Figueiredo Magalhães, em Copacabana, no Rio de Janeiro, na noite desta quinta-feira (18).
Segundo informações do 19º batalhão da Polícia Militar, um bebê de 8 meses morreu ainda na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) para onde foi levado, próxima ao local do acidente. Pelo menos outras duas vítimas se encontram em estado grave. 
No total, ao menos 15 pessoas foram atingidas, segundo a PM. Os feridos estão sendo encaminhados ao hospital Miguel Couto, no Leblon, zona sul da cidade. O prefeito do Rio, Marcelo Crivella (PRB), foi ao hospital para acompanhar a chegada e o atendimento dos feridos.
O motorista teria perdido o controle do carro, cruzado o calçadão e a ciclovia e parado apenas já na areia. Ele foi encaminhado para o 12º DP. Informações preliminares diziam que ele havia fugido, mas a polícia negou.
Segundo a PM, o rapaz não apresentava sinais de embriaguez e alegou ter sofrido um ataque epiléptico, o que teria ocasionado o acidente. Remédios receitados para epilepsia foram encontrados dentro do veículo.
Imagens mostram que a frente do carro ficou destruída, e a lataria lateral, bastante danificada.
Segundo a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) do Rio, a avenida Atlântica, que chegou a ter duas faixas interditadas, no sentido Leme, já está liberada para o tráfego de veículos.
IAN CHEIBUB/AGIF/ESTADÃO CONTEÚDO

PM nega atentado terrorista


Em nota oficial divulgada via Twitter no final da noite desta quinta, a PM fez questão de frisar que o acidente desta noite não foi um atentado terrorista.
Pela semelhança com casos como os de Nice (França), em 2016, e Barcelona (Espanha), em 2017, diversos rumores começaram a se espalhar pela internet sugerindo que o acidente de hoje teria sido proposital.
"PMERJ esclarece que o fato ocorrido em Copacana, na noite desta quinta-feira (18), não se trata de um atentado terrorista, mas sim de um grave acidente, onde o motorista perdeu o controle do veículo e acabou atingindo cerca de 15 pessoas que estavam no calçadão da praia", informou a Polícia.