Padrasto é preso suspeito de abusar enteada de 7 meses na Bahia


Na terça-feira (28), um homem foi preso suspeito de abusar sexualmente de um bebê de sete meses, filha de sua companheira, em Mucuri, sul da Bahia. De acordo com a Polícia Civil, a mãe da criança também foi presa por ser cúmplice da situação.
Através de denúncias ao Conselho Tutelar da cidade a situação foi descoberta. Ao chegar na casa da família, a polícia encontrou o bebê com marcas de mordidas no corpo feitas pelo padrasto.
No momento da prisão, o suspeito tentou fugir, mas foi capturado. Ele possui várias passagens por tráfico de drogas e homicídio. O padrasto e a mãe da criança estão na Delegacia de Mucuri, à disposição da Justiça.
O bebê deve passar por exame de corpo de delito nesta quarta-feira (29), no Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Teixeira de Freitas. Ela está sob acompanhamento do Conselho Tutelar, segundo informa a polícia.(VN)