Após evangelista ler a Bíblia, passageiros do metrô fogem em pânico.


Os passageiros que usavam o metrô de Londres na segunda-feira (2), forçaram as portas para sair de um vagão, reclamando que estavam sendo “aterrorizados” por um homem.
Na estação de Wimbledon, na região sudoeste da cidade, às 08:30, policiais entraram no metrô e encontraram o “suspeito” lendo a Bíblia em voz alta. Segundo testemunhas, quando ele começou a pregar que “a morte não é o fim”, muitos acreditavam ser uma ameaça terrorista de um fanático religioso.
Outro passageiro reclamou que quando o evangelista começou a “dizer coisas sobre homossexualidade ser pecado e como devemos nos arrepender de nossos pecados”, isso irritou algumas pessoas.
Alguns se levantaram para sair do vagão e acionaram a parada de emergência.  Por causa do pânico, foi realizado o procedimento padrão e as linhas de energia foram cortadas enquanto o vagão era esvaziado. A parada não programada gerou um efeito cascata que interrompeu a linha por quase 12 horas.
Um dos passageiros que estava no trem, disse que a leitura bíblica do homem levou a uma “agitação”. Quando as pessoas pediram que ele parasse, pois estava “assustando todo mundo” o evangelista, apenas abaixou a cabeça e continuou lendo.

A Polícia Britânica de Transportes disse que nenhuma prisão foi feita. O mal-entendido foi esclarecido e o homem, liberado. Com informações BBC / Gospel prime.