Agressões a árbitros rendem punições à integrantes de Teixeira de Freitas e Vera Cruz


O Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol da Bahia (TJDF-BA) suspendeu 10 integrantes da Seleção de Teixeira de Freitas e mais três de Vera Cruz por agressões aos árbitros de suas partidas, válidas pela 5ª rodada do Campeonato Intermunicipal, realizadas no dia 3 de setembro, um domingo (relembre aqui e aqui). O árbitro Leonardo Oliveira Carvalho foi agredido na goleada sofrida pelo Teixeira de Freitas por 5 a 1 para Eunápolis, enquanto que o assoprador de apito Antônio Eloy de Brito Neto apanhou no empate de 2 a 2 entre Vera Cruz Santo Antônio. O jogador de Teixeira de Freitas, Diones Almeida Cerqueira, teve a maior pena, 360 dias e mais três jogos de suspensão. Ele chutou o árbitro Leonardo, quando o agredido já estava caído. Já o auxiliar técnico Jeferson das Neves Senturion, que deu uma voadora em Leonardo, foi punido com 280 dias de gancho. Pelo lado do Vera Cruz, a punição mais severa foi para o presidente da liga da cidade, Edvaldo Carneiro Vieira Junior, com 300 dias de suspensão por ter invadido o campo e empurrado o rosto do árbitro Antônio Eloy. As ligas desportivas das duas cidades foram absolvidas, já que os agressores e invasores foram identificados. Tanto Teixeira de Freitas quanto Vera Cruz não conseguiram avançar de fase. (BN)