Para atingir Lula, DEM ataca a UFRB, afirma Marcelino Galo


O deputado estadual Marcelino Galo (PT) condenou a ação popular interposta na Justiça Federal pelo vereador da base do prefeito ACM Neto, Alexandre Aleluia (DEM), contra a concessão de título de doutor honoris causa para o ex-presidente Lula. A honraria foi aprovada pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB).

“Este é mais um atentado contra a autonomia universitária e contra a UFRB perpetrado pelo DEM, por coincidência ou não, vindo de um vereador da base do prefeito ACM Neto. É inconcebível que os aliados do prefeito e o DEM se achem no direito de substituir a autonomia das universidades por suas preferências políticas. Essa ação é um precedente gravíssimo. A UFRB não precisa da autorização de ninguém para fazer a homenagem que quiser, exceto de sua própria comunidade acadêmica e de sua direção, que, neste caso, decidiu por meio de suas instâncias conceder a Lula essa honraria. Esse é um ataque à UFRB e a todas as universidades brasileiras”, concluiu Marcelino Galo.

A relação do ex-presidente com a expansão e a interiorização do ensino público superior foi um dos argumentos do Conselho Universitário (CONSUNI) da UFRB para conceder o título ao ex-presidente Lula. Por isso, para Galo “o DEM, se quiser ter o respeito que Lula tem nas universidades, deveria parar de apoiar o desmonte da educação pública superior, em vez de lutar contra as cotas e apoiar o corte de recursos da educação. O fracasso do governo golpista subiu à cabeça do DEM”, arrematou o parlamentar.

A UFRB foi a primeira universidade federal completamente implantada no interior da Bahia e que, 12 anos depois, se tornou uma universidade de excelência e inclusiva, com 83,4% de estudantes negros e 82% oriundos de famílias com renda total de até um salário mínimo e meio. “Isso tudo e com conceito 4 no Índice Geral de Cursos (IGC), numa escala que vai até 5, situando-se entre as melhores do país, além de ganhar prêmios por seu elevado índice de egressos titulados na pós-graduação. A UFRB, portanto, é uma conquista do povo baiano e de Lula também. Quando tudo era um sonho, ele sonhou com a gente”, pontuou Galo. (Assessoria de Imprensa )