Busca por 'como se suicidar' cresce 26% após lançamento de 13 Reasons Why


A Universidade estadual de San Diego, nos Estados Unidos, revelou que pensamentos suicidas cresceram entre jovens após o lançamento da série 13 Reasons Why, produzida pela Netflix. A pesquisa apontou um aumento de 19% no número de buscas pela palavra "suicídio" na internet, 26% em buscas de "como se suicidar", 18% sobre "cometer suicídio" e 9% sobre "como se matar". Apesar dos números preocupantes, houve também um crescimento de 23% em buscas relacionadas à "prevenção ao suicídio" e 12% a "serviços de ajuda a suicidas". Segundo o jornal O Globo, os pesquisadores analisaram dados do Google Trends sobre buscas realizadas nos Estados Unidos entre o lançamento da série, em 31 de março, e 18 de abril, data do suicídio do jogador de futebol americano Aaron Hernandez. "Embora seja encorajador que o lançamento da série esteja relacionado com uma maior conscientização sobre o suicídio e a prevenção do suicídio, como aqueles que procuram 'prevenção ao suicídio', nossos resultados respaldam os piores medos dos críticos da série: '13 reasons why' pode ter inspirado muitos a agir sobre seus pensamentos suicidas procurando informações sobre como se suicidar", afirmou o líder do estudo, John W. Ayers. A equipe pontuou que foram excluídas buscas da palavra "suicide" associada a "squad", devido ao lançamento do filme Esquadrão Suicida. (BN)