Moradora de Mutuípe diz ter sido vítima do “golpe do cartão” em agência bancária de Santo Antônio de Jesus


Uma mulher foi vítima do “golpe do cartão” na tarde de segunda-feira (05) em Santo Antônio de Jesus. Celidalva de Jesus Santos, moradora de Mutuípe relatou ao repórter Joselito Fróes que pediu ajuda a uma mulher e um homem para sacar seu dinheiro na agência bancária da Caixa Econômica em Santo Antônio de Jesus, mas o rapaz acabou ficando com seu cartão e senha. “Eu fiquei com o cartão dele e ele com o meu. Eu fui comprar um pão, resolvi sacar o dinheiro, um rapaz que me conhece do banco me disse que o cartão estava errado”, disse. A vítima chegou a ir no banco em Jaguaquara para cancelar o cartão, mas estava fechado. “Peço para quem encontrar o cartão no nome de Maria Nelina de Jesus, favor entregar, pois precisamos desse dinheiro para o sustento da família”, destacou.
Ao utilizar o caixa eletrônico, fique atento para as dicas de segurança abaixo:
Antes de iniciar sua operação bancária, verifique na tela do caixa eletrônico se o equipamento está ativo ou inoperante.
Se o caixa eletrônico da agência bancária ou de outro estabelecimento estiver inoperante, não insira o seu cartão e NUNCA aceite ou solicite ajuda de estranhos. Procure sempre pedir ajuda a um funcionário do banco com uniforme e crachá de identificação.
Ao digitar sua senha, mantenha o corpo próximo à máquina, para evitar que outros possam vê-la ou descobri-la pelo movimento dos dedos no teclado. As pessoas atrás de você devem respeitar as faixas de segurança;
Prefira utilizar os caixas automáticos instalados em locais de grande movimento e, se possível, em locais como shoppings, lojas de conveniência, postos de gasolina, supermercados, etc. Evite utilizar caixas eletrônicos em locais isolados e com pouca iluminação;
Sempre que possível, faça seus saques no horário comercial, quando o movimento de pessoas é maior, evitando o período noturno. Evite efetuar saques de valores altos e seja discreto na hora de conferir o seu dinheiro.
Esteja atento à presença de pessoas suspeitas ou curiosas no interior da cabine ou nas proximidades. Na dúvida, não faça a operação;
Caso não consiga concluir uma operação ou seu cartão fique retido no caixa eletrônico, não digite sua senha e aperte as teclas “ANULA” ou “CANCELA”. Ligue imediatamente para o banco ou procure a ajuda de um funcionário que esteja identificado, se estiver usando o caixa eletrônico de uma agência bancária. Tente utilizar o telefone da cabine para comunicar o fato. Se ele não estiver funcionando, pode tratar-se de tentativa de golpe;
NUNCA utilize telefones de terceiros desconhecidos, especialmente os celulares, para comunicar-se com o banco, pois os dados de sua conta e senha ficam registrados na memória do aparelho. Além disso, você poderá não estar falando com representante do banco;
Não receba créditos de pessoas desconhecidas em sua conta. Propostas desse tipo são feitas por golpistas, nas proximidades de caixas eletrônicos e de agências;
Desconfie de vantagens financeiras ou dramas familiares que lhe sejam apresentados por desconhecidos na fila do caixa automático, especialmente propostas de utilização de sua conta para transferência de valores. (Febraban/ Blog do Valente)